sábado, 5 de março de 2011

Assim vai Moçambique


Confirmado: dois contentores de armas estão no Porto de Maputo
Está confirmada a presença de dois contentores de armas de fogo no recinto do Porto de Maputo, tal como vinha sendo veiculado pela comunicação social na capital do país. O facto foi mais tarde oficialmente confirmado por fonte policial autorizada, que explicou que os referidos contentores estavam no Porto de Maputo em trânsito para a vizinha Suazilândia, numa operação devidamente autorizada pelas autoridades moçambicanas, e coberta por um acordo específico rubricado entre os Governos de Moçambique e do Reino de Mswati III. Contudo não foi confirmada a  presença de droga no interior dos contentores. (Rádio Moçambique)

Parlamento: 20 pontos em agenda
A comissão Permanente da Assembleia da República (CPAR) aprovou ontem os 20 pontos que deverão constituir a agenda de trabalhos da III Sessão Ordinária do órgão legislativo que vai decorrer em Maputo de 9 de Março a 12 de Maio. De acordo com o seu porta-voz, Mateus Katupha, dos vinte pontos ontem aprovados, destaque vai para a Informação Anual do Procurador-Geral da República sobre o Estado Geral da Justiça no país; perguntas ao Governo; informação do Governo sobre a implementação do seu programa quinquenal, aprovado no ano passado pelo Parlamento. Neste rol consta ainda a informação sobre a Revisão da Legislação Eleitoral; o informe sobre os trabalhos de preparação do debate sobre a Revisão da Constituição e do Código Penal, para além da apresentação da Conta Geral do Estado referente ao ano de 2009.(Jornal Noticias)

CMM lança PROMAPUTO Fase II
O Conselho Municipal do Maputo procede hoje ao lançamento oficial da II fase do Programa de Desenvolvimento Municipal (PROMAPUTO), destinado a reforçar a capacidade interna do CMCM na gestão, manutenção e desenvolvimento da qualidade de prestação de serviços ao munícipe. Nesta fase pretende-se expandir o nível de investimento em infra-estruturas e prestação de serviços municipais prioritários, tais como a gestão de resíduos sólidos, melhoria e expansão da rede viária, planeamento urbano, gestão de serviços fúnebres, transportes, trânsito e mercados.(Jornal Noticias)

Britânica Ncondezi Coal pretende iniciar extracção de carvão em Moçambique no 2º semestre de 2014  
A empresa britânica Ncondezi Coal deverá começar a extrair carvão em duas das quatro concessões de que dispõe em Moçambique na segunda metade de 2014, afirmou o presidente executivo da empresa a imprensa. Nigel Walls disse que um estudo de viabilidade económica ficará concluído em Julho do próximo ano, estando a empresa actualmente a efectuar furos de teste para averiguar da qualidade do carvão existente nas concessões. "Se o estudo concluir pela viabilidade do projecto e se obtivermos financiamento então devemos começar a extrair carvão durante a segunda metade de 2014", disse ainda Walls. A Ncondezi Coal dispõe de quatro concessões na província de Tete, na região onde a brasileira Vale, o maior exportador mundial de minério de ferro, e a australiana Riversdale Mining estão a operar.(Macauhub)

Estado corta orçamento da UP-Quelimane
A UP-Quelimane elaborou um plano de funcionamento para o presente ano académico, estimado em 100 milhões de meticais, para suportar todas as despesas da instituição, mas apenas 60 milhões é que foram aprovados. Esta situação poderá colocar a universidade a paralisar as suas actividades a partir do mês de Julho, uma vez que o orçamento, ora reduzido também afecta os salários dos docentes. Aliás, segundo uma fonte da UP-Quelimane, a verba disponível garante salários até ao mês de Março em curso, findo o qual não haverá mais fundos para salários, uma situação que poderá obrigar a alteração normal do decurso das aulas, caso a situação se mantenha.(O País)

Terminam cortes e oscilações de energia eléctrica na Beira
A electricidade de Moçambique (EDM )– Área Operacional da Cidade da Beira, anunciou ontem o fim da problemática de cortes e oscilações da corrente eléctrica naquela parcela do país. De acordo com o respectivo director, Neves Xavier, a construção de uma nova subestação e a reabilitação da rede eléctrica caracteriza uma nova era no fornecimento da energia aos clientes. Falando a jornalistas, Xavier disse terem sido gastos milhares de dólares norte-americanos para a concretização da melhoria no fornecimento da corrente eléctrica na sua área de jurisdição.(Jornal Noticias)

Saúde em Gurué
O centro de saúde de Gurué na Zambézia debate-se com falta de recursos humanos, facto que obriga os pacientes a esperarem longas horas para serem atendidos. Cenário associado ao mau atendimento, algo confirmado pelo director distrital dos serviços da saúde mulher e acção social. É de resto um problema que é do conhecimento das autoridades sanitárias locais que dizem precisar de mais de 20 enfermeiros, quatro parteiras e dois médicos de clínica geral, pois os poucos que agora existem trabalham sobrecarregados. Apesar da falta de pessoal, o centro de saúde de Gurué que regista uma média mensal de cinco óbitos. (TIM)

PRM matou 13 “bandidos” durante confrontos
O Comandante Provincial da Polícia da República de Moçambique (PRM), na cidade de Maputo, José Weng Sun, disse que a corporação desmantelou 119 quadrilhas de malfeitores e confrontou-se directamente com 26 meliantes, dos quais 13 foram atingidos mortalmente pela Polícia durante o ano de 2010. Não revelou as baixas do lado da PRM Prosseguindo com o balanço, Weng disse que no período em análise foram recuperadas 176 viaturas, 37 armas de fogo, 376 munições e recambiados 472 estrangeiros. (Canal de Moçambique)