quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Embaixador da ONU para a Costa do Marfim alerta para hipótese de genocídio

Youssouf Bamba diz recear ainda casos de violação dos direitos humanos em grande escala.
O novo embaixador da ONU para a Costa do marfim alerta para a possibilidade de um genocídio. Youssouf Bamba diz recear ainda casos de violação dos direitos humanos em grande escala, resultantes de conflitos políticos.

Estas declarações foram proferidas justamente na apresentação como embaixador das Nações Unidas para a Costa do Marfim.

O país vive, neste momento, um período conturbado. Pelo 20 mil pessoas fugiram após as eleições presidenciais de 28 de Novembro.

A Costa do Marfim vive, desde então, com dois Presidentes: Laurent Gbagbo, que perdeu as presidenciais, e Alassane Ouattara que as venceu, segundo a comunidade internacional.
Fonte: Renascença