quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

Obama: O Afeganistão "não está perdido" mas "sofreu uma regressão"

O Afeganistão "não está perdido" mas "sofreu uma regressão" nos últimos anos, com a subida em potência dos rebeldes talibãs, considerou terça-feira à noite o presidente norte-americano, Barack Obama.


"O Afeganistão não está perdido, mas sofreu uma regressão nos últimos anos", afirmou Obama perante os alunos de West Point, Nova Iorque, a mais prestigiada escola militar norte-americana, onde anunciou o envio de 30.000 soldados suplementares para o país.


"Não existe uma ameaça iminente de um derrube do governo (afegão) mas os talibãs ganharam terreno", sublinhou Obama, oito anos após o início da guerra no Afeganistão.